A Cidade Luz

Category: História da Cidade Comments: Não há comentários

Quase ao final do século XIX, por volta de 1885, Jacareí era servida por 50 lampiões a querosene que atingiam o pequeno centro (Matriz, Rosário, Bom Sucesso, Rua Direita (Antonio Afonso), Largo da Quitanda e Rua das Flores (Luis Simon). Neste arcaico serviço de iluminação pública a cargo do Coronel Carlos Porto, era obrigatória a figura do vigilante que acendia os lampiões e era conhecido como o “homem da taquara”.

Em 1895, quando o intendente (prefeito) era o Dr. Lúcio Malta, com a presença do Presidente do Estado (Governador) Bernardino de Campos, Jacareí passou a utilizar energia elétrica na iluminação pública, sendo um dos primeiros municípios a fazer uso do serviço (1°. do Vale do Paraíba; 2°. do interior paulista e 7°. do Brasil).      

Usando usina termo-elétrica (movida a lenha), o serviço foi implantado por Joaquim Miguel Martins de Siqueira que implantou a Companhia Luz Eléctrica Jacareyense na Rua do Mercado (Rua Lucio Malta) no local onde hoje está o Banco HSBC. No início, o serviço não conseguia atrair muitos interessados e clientes, havendo muita oposição e críticas quanto ao uso da lâmpada incandescente que “oferecia perigo aos olhos”. 

Posteriormente a empresa foi adquirida por José Bonifácio de Mattos que mandou construir uma usina hidrelétrica em Guararema em 1912. Até 1936 Jacareí foi servida por esta empresa, agora chamada Cia Força e Luz Jacareí-Guararema. Neste ano a empresa foi adquirida pela canadense Light and Power. Anos depois a empresa passou a chamar-se São Paulo Light Serviços de Eletricidade S.A. Com a criação da Eletrobrás em 1961, estatizou-se o serviço e revogaram-se as concessões. Passou a empresa a chamar-se Cia de Eletricidade São Paulo-Rio, depois Eletropaulo e após a privatização Bandeirante Energia.

Cia Força e Luz Jacareí-Guararema

Deixe um comentário

Você pode utilizar os seguintes atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>